Tags

, , , , ,

paris versus new york capa

 

 

Autor: Vahram Muratyan
Não Ficção / Arte / Viagem
Editora: Intrínseca
Páginas: 226
Ano: 2012

 

Eu tinha me interessado por esse livro há um tempo nas minhas andanças pelas recomendações do GoodReads, mas imaginava algo completamente diferente. Sabia que era um livro ilustrado, mas nunca pensei que fosse apenas ilustrado.

Paris versus New York traz ilustrações comparativas de peculiaridades das duas cidades, como a diferença entre seus cafés, seus pães, seus museus e costumes.

As gravuras seguem sempre o mesmo estilo, cheio de cores e figuras sem contornos, o que deixou o livro charmoso, com um visual agradável. As comparações são bem interessantes, inteligentes e divertidas, especialmente se você conhece bem as duas cidades.

A edição é toda bonitinha, em capa dura, mas o livro é pequeno – quase do tamanho de uma mão aberta. É fofo, atraente e traz à memória lembranças – boas lembranças, claro! – porém, em poucos minutos já se viu tudo. Volto a dizer, é interessante, mas… talvez, sem querer desmerecer o talento gráfico do artista, seja um pouco descartável.  Bem, é ótimo para uma sala de espera 😉

3 Estrelas

Abaixo, deixo algumas imagens para vocês entenderem melhor o que é o livro antes de comprá-lo.

paris versus new york vahram muratyan capa

FullSizeRender

FullSizeRender 2FullSizeRender 5

Sinopse: Paris versus New York – Vahram Muratyan é um jovem artista gráfico de origem armênia criado em Paris. Em 2010, depois de uma longa temporada em Nova York, ele criou o blog Paris versus New York como uma espécie de registro visual de suas experiências, um bem-humorado confronto entre duas das mais míticas cidades do mundo. O sucesso foi surpreendente e o blog teve mais de cinco milhões de visitas em um ano. A sofisticada batalha visual, travada por um amante de Paris vagando por Nova York, se transformou em livro e firmou o artista como um designer renomado, com uma carteira de clientes que inclui grandes nomes da moda, entre eles Prada e Chanel.

Este amistoso confronto artístico é dedicado aos amantes de Paris, de Nova York e àqueles que estão divididos entre as duas cidades.