Tags

, , , , , ,

november 9 colleen hoover

 

 

Autora: Colleen Hoover
New Adult / Romance
Editora: Atria
Páginas: 320
Ano: 2015

Sempre gostei muito de romance, muito mesmo, mas nesse último ano praticamente não consegui ler nenhum. Tentei muitos, começava e parava, achava tudo igual, meio bobo, previsível – e talvez a culpa seja da maternidade, quem sabe?! rs – e coloquei todas as minhas esperanças de “cura”, de “desbloqueio”, em Colleen Hoover e seu novo lançamento, November 9. Se eu não conseguisse ler – e gostar – de um livro seu é porque o caso não tinha solução.

November 9 conta a história de Ben, um aspirante a escritor, e Fallon, uma atriz ainda em busca de seu sonho. Eles se conhecem em um 9 de novembro, ambos com 18 anos, quando Fallon está prestes a se mudar para Nova York. Conversam, riem, se divertem e, sentindo uma conexão especial entre eles, combinam de se encontrar uma vez por ano, em cada 9 de novembro. E são esses encontros e desencontros que acompanhamos, ano após ano.

Para quem já leu Um Dia, de David Nicholls, é inevitável associar os dois livros. Eles têm a mesma premissa, sim, mas são distintos, e o mais engraçado é que a própria autora cita o livro em seu texto e comenta suas diferenças. Li os dois e digo: Ben e Fallon não tem nada de Em e Dexter. Um Dia é meio deprimente, November 9 é alegre, mesmo com todo o drama.

Comecei a ler e as páginas foram virando e virando, meu sorriso foi se alargando e ficando meio bobo, fui ficando íntima dos personagens, me apaixonando, torcendo, vibrando… Colleen realmente consegue me prender. Escrito em primeira pessoa, com capítulos se alternam entre os pontos de vista dos dois protagonistas, November 9 tem um texto fluido, simples e leve, o que deixa a leitura sempre prazerosa. É daqueles livros que até enquanto espera o elevador você lê e que só para quando finalmente termina.

A primeira metade de November 9 é divertida, os diálogos são super fofos, tem uma combinação de humor e flerte deliciosa, que nos deixa rindo à toa, meio abobalhados, completamente apaixonados. Sempre digo que Colleen Hoover tem o timing perfeito para o romance acontecer, ela sabe a hora certa de nos deixar ansiosos, a hora de nos deixar tristes ou dando pulinhos de felicidade.

São muitos pontos positivos, November 9 é Colleen sendo Colleen, é aquele livro que se parece com todos os outros da autora, mas que, ops, é diferente. É muito bom, muito mesmo, mas tem uma coisinha que me incomodou. Ela inseriu algo que eu, particularmente, não gosto e acho um tanto inverossímil. Sabe aquela pessoa que ama tanto o outro que prefere abdicar desse amor para que o outro seja feliz? Pois é, na vida real não conheço ninguém assim, mas os autores insistem em criá-la.

November 9 conquista pela simplicidade, pela paquera gostosa e pelos beijos roubados. Conquista por ser livro que fala de livros, conquista pela despretensão, pelo mocinho galanteador e pela menina que se descobre bonita. Ah, e já ia me esquecendo, há uma surpresinha, uma certa aparição, e ela, definitivamente, conquista. ❤

Não é meu livro favorito da autora, mas ainda assim é Colleen, e Colleen vale sempre a pena.

No calor do momento, vou tentar classificar por ordem de preferência os livros da autora:

  1. Métrica
  2. Hopeless (Um Caso Perdido) – ou ele seria antes de Métrica? rs
  3. Point of Retreat (Pausa)
  4. Maybe Someday
  5. Ugly Love
  6. Confess
  7. November 9
  8. Essa Garota

(Deixei Maybe Not e Finding Cinderella de fora por serem novelas e Finding Hope por ser pov)

november 9 colleen hoover

Sinopse: Beloved #1 New York Times bestselling author Colleen Hoover returns with an unforgettable love story between a writer and his unexpected muse.

Fallon meets Ben, an aspiring novelist, the day of her scheduled cross-country move. Their untimely attraction leads them to spend Fallon’s last day in L.A. together, and her eventful life becomes the creative inspiration Ben has always sought for his novel. Over time and amidst the various relationships and tribulations of their own separate lives, they continue to meet on the same date every year. Until one day Fallon becomes unsure if Ben has been telling her the truth or fabricating a perfect reality for the sake of the ultimate plot twist.

Anúncios