Tags

, , , , , , , , ,

the night before christmas

 

 

Autor: Nikolai Gogol
Literatura Russa / Clássicos /
Conto / Folclore Ucraniano / Natal
Editora: Penguin
Páginas: 65
Ano: 2007
Ano de publicação original: 1832

 

The Night Before Christmas – ou Noite de Natal*¹ – caiu em minhas mãos por fazer parte de uma pequena coleção da Penguin de clássicos natalinos. Adoro histórias de natal e comprei a coleção de olhos fechados, sem saber o que me aguardava. Que bom que o fiz, pois se tivesse lido a sinopse, provavelmente teria perdido um livro fantástico.

Essa história não é o típico conto de natal, é quase o oposto. Não tem a magia do espírito natalino, mensagens bonitas ou nada parecido. É praticamente uma sátira sobre o natal, com um humor refinado e muita, muita crítica. Faz parte do folclore ucraniano e é contada até hoje, pasmem, às crianças. Ele não tem nada de infantil, mas, folclore é folclore, hum. Aliás, só a título de curiosidade, falei em folclore ucraniano – e não russo – porque Gogol nasceu em uma cidade do império russo onde hoje é a Ucrânia. Russos e ucranianos brigam pela “posse” do escritor, mas como escreveu em russo, sua obra é considerada literatura russa.

Em The Night Before Christmas temos o ferreiro Vakula, que pintara o diabo terrivelmente em uma parede da igreja. Vakula era apaixonado por Oksana, mas não era muito bem quisto pelo pai da menina, Chub, e portanto não ousaria visitá-la enquanto ele estivesse em casa. Pensando nisso (não vou contar os porquês), para se vingar, o diabo resolve roubar a lua e deixar todos em uma completa escuridão. Oksana era uma bela moça e, ciente de sua beleza, desprezava a todos. Ela impõe um certo presente para se casar com Vakula, e ele vai usar o diabo para consegui-lo. Temos ainda uma bruxa, mãe de Vakula, um diácono, um alcaide e alguns sacos de carvão.

Parece meio bizarro, não é? E é bizarro! Mas ao mesmo tempo o texto é tão atraente e imprevisível que você vai lendo sem parar e visualizando tudo perfeitamente. Não dá para imaginar que alguém consiga, em tão poucas páginas, contar tantos acontecimentos e, ao mesmo tempo, criticar todos eles. A ironia, a crítica e o humor permeiam toda a narrativa.

É uma história excêntrica, meio maluca, sem pé nem cabeça, daquelas que não daria certo de maneira alguma se escrita por um qualquer. Não sei o que me encantou tanto nessa história, fico pensando e não sei responder. Talvez tenha a ver com o fato de que Gogol está longe de ser um qualquer.

Recomendo, sem dúvidas!

3.5 corações

*¹ No Brasil essa história foi traduzida como Noite de Natal e foi publicada no livro O Capote e outras histórias, da Editora 34.

Encontrei o conto gratuitamente online no site da Época. Para ler clique aqui.

O livro deu origem a ópera Cherevichki, de Tchaikovsky.

the night before christmas nikolai gogol

Sinopse: It is the night before Christmas and devilry is afoot. The devil steals the moon and hides it in his pocket. He is thus free to run amok and inflicts all sorts of wicked mischief upon the village of Dikanka by unleashing a snowstorm. But the one he d really like to torment is the town blacksmith, Vakula, who creates paintings of the devil being vanquished. Vakula is in love with Oksana, but she will have nothing to do with him. Vakula, however, is determined to win her over, even if it means battling the devil.Taken from Nikolai Gogol s first successful work, the story collection Evenings on a Farm Near Dikanka, The Night Before Christmas is available here for the first time as a stand-alone novella and is a perfect introduction to the great Russian satirist.

Anúncios